Banda Marcial
 /  Banda Marcial

A Banda da Escola Técnica Machado de Assis (FEMA) foi modificada em 1999, ano em que contou com 48 integrantes e teve como instrutor o aluno Luciano Junges, assessorado por João Roberto Passaglia. Em 2000, João assumiu a direção da Banda, inovando em toques e aumentando para 59 o número de integrantes. Com a ajuda da APM (Associação de Pais e Mestres), em 2001, todos os instrumentos e uniformes foram trocados e a Banda passou a ter 65 componentes.
Uma nova fase iniciou em 2002. Formada por 108 integrantes, a Banda inovou em toques e em estilo. Em 2003, o desafio foi tornar a Banda Marcial em Musical, o que só se concretizou em 2004, com a apresentação, no desfile cívico, das músicas Coronel na Bugge (ou Ponte do |Rio Kuait), Asa Branca (Gonzaguinho), Sol Mio e Eu Te Amo meu Brasil. Até 2006, a Banda continuou com esse estilo e apresentava-se em vários municípios da região.
Em 2007, a direção da Banda sofreu mudanças e o ex-integrante, Januário de Vargas, passou a colaborar com o regente Jurandir Vidal Ribeiro. Nesse mesmo ano, a Banda participou do 1º Encontro de Bandas com 52 integrantes. Em 2008, passou a ser regida por Vilmarino Lenhardt, o Mino, com 80 integrantes, participando de vários encontros da cidade e região.
Além de encontros, a banda participou, por várias vezes em festividades de inauguração e comemorativas nos municípios vizinhos como Tuparendi, Porto Mauá, Santo Cristo, Porto Lucena, Tucunduva, São Paulo das Missões e Santa Rosa. As apresentações não foram restritas somente a data de 7 de setembro, mas também em solenidades comunitárias.
A partir de 2009, a Banda nomeou-se novamente Marcial e Musical, com instrumentos como trompete, trombone, escaletas, liras e flautas. Já em 2013, com cerca de 80 componentes, participou, nos mesmos municípios citados, de comemorações e desfiles cívicos.
A existência e pedagogia da Banda está ligada a objetivos disciplinares, formativos e Educativos. Os alunos que fazem parte da equipe manifestam-se em sala de aula com melhor aproveitamento na aprendizagem e com melhores atitudes disciplinares.
Na apreciação da Direção, a banda é um apoio à aprendizagem geral e musical, bem como uma grande atividade cultural e recreativa, não apenas para os componentes da banda, mas especialmente para o público regional, pois nenhuma das apresentações públicas foi prestigiada por menos de 5 mil pessoas.
Atualmente, a Banda Marcial FEMA, coordenada pelo maestro Cristian Rafael da Silveira, tem em torno de 90 integrantes, que apresentam durante o desfile cívico diversos instrumentos como trompetes, trombones, escaletas, liras, triângulos, pratos, pandeiros, entre outros.

Contatos

Unidade I – Rua Santos Dumont, 820.
Unidade II – Rua Santa Rosa, 536.
Unidade III – Rua Santa Rosa, 902.
Tel.: (55) 3511-9100.
Unidade IV – Rua Santo Ângelo, 219.
Tel.: (55) 3512-6496.

Suporte Online

Instagram

  • Plula da Semana plulasdaalegria
  • Tens algo a descartar? Haver coleta de lixo dos diashellip
  • VESTIBULAR CONTINUADO  Vagas remanescentes nos cursos de Superiores dehellip
  • FIES As inscries para o Fies sero recebidas de 6hellip
  • Inscries abertas
  • daFemapravida
  • Perdeu o Vestibular e deseja fazer uma faculdade? A FEMAhellip
  • Inscries abertas
  • PROUNI Os estudantes podero se inscrever para o ProUni entrehellip

Assine nossa Newsletter