TÉCNICO EM INFORMÁTICA

Portaria de Autorização nº 1053/52 de 28/11/1952
Portaria de Reconhecimento nº 30449 de 16/07/1980
Parecer nº 566/2015

O Técnico em Informática

 

A informática apoderou-se de praticamente todas as atividades humanas. Como não poderia deixar de ser, tornou-se um dos requisitos necessários para o controle e para a gestão em qualquer organização.
O Curso Técnico em Informática está em funcionamento desde 1996, formando profissionais com alto nível de conhecimento, fruto de um excelente trabalho, aprimorado pelo corpo docente que, com sua qualificação, dedicação e atendimento diferenciado a cada aluno, faz do curso um dos melhores da região.
A crescente procura demonstra que há campo aberto no mercado de trabalho para seus egressos, sendo a manutenção do curso de fundamental importância no suprimento da deficiência de profissionais realmente qualificados e capazes de adequar-se às novas tecnologias.
Em contrapartida, a área da Informática é praticamente ilimitada, dividindo-se em vários ramos, desde as escolas de treinamento até as empresas de criação de Web Sites, passando pela indústria, pelo comércio e pela prestação de serviços, os quais sempre preferem contratar estes profissionais para atuarem diretamente nas atividades da área ou, indiretamente, deslocados em funções congruentes.

Áreas de Atuação
I – Centros de Processamento de Dados
II – Departamento de Informática de Empresas
III – Prestadoras de Serviços em Redes
IV – Software Houses
V – Lan Houses
VI- Lojas e Revendas de Equipamentos
VII – Escritórios de Profissionais Liberais e Autônomos
VIII – Escritórios em Geral
IX – Escolas de Informática
X – Comércio e Indústria

Funções Exercidas
I – Auxiliar de Serviços de Informática
II – Técnico de Help Desk
III – Operador de Informática
IV – Técnico em manutenção de Hardware
V – Instrutor de Informática
VI – Técnico de Redes
VII – Projetista e/ou Administrador de Redes
VIII – Projetista e/ou Administrador de Banco de Dados
IX – Programador de Sistemas
X – Programador de Manutenção
XI – Analista de Sistemas
XII – Analista de Suporte, entre outras possibilidades.

Requisitos de Acesso
I – O aluno deve apresentar comprovante de conclusão ou de que está cursando Ensino Médio, para ingressar no Curso Técnico em Informática.
II – A inscrição nos módulos posteriores está condicionado à existência de turmas e de vagas e, ao atendimento da comprovação da escolaridade exigida (Diploma/Certificado de Ensino Médio; Atestado de que está cursando o Ensino Médio ou um curso superior).
III – A efetivação da matrícula ocorre após o atendimento dos requisitos de ingresso e da apresentação da documentação exigida.

Objetivos
O Curso Técnico em Informática tem por objetivos:
I – Formar técnico em informática, com sólidos conhecimentos teóricos e práticos, voltado para as atividades de projeto, programação e operação de sistemas, em computadores isolados ou em redes, montagem e manutenção de microcomputadores e sites para internet.
II – Proporcionar às indústrias, ao comércio e ao setor de serviços da região a possibilidade de compor um corpo técnico qualificado, capaz de executar com eficiência as atividades pertinentes à área de informática.
III – Qualificar jovens e adultos, para promover a transição entre a escola e o mundo do trabalho, com conhecimentos e habilidades gerais e específicas, a fim de se construir o exercício consciente da cidadania.
IV – Capacitar os alunos para o desenvolvimento de softwares comerciais com a utilização de modernas ferramentas, apresentando proposta de soluções inovadoras
V – Desenvolver no egresso o raciocínio lógico e a capacidade de pensar em diferentes soluções para os problemas apresentados, sistematizando-as em ordens e em instruções operacionais, com o auxílio de linguagens de programação.
VI – Desenvolver o espírito crítico, empreendedor, de risco e de iniciativa do aluno, para que ele possa identificar e gerenciar novas oportunidades de trabalho e de geração de renda, em uma sociedade em constantes mudanças e em acelerado avanço tecnológico.
VII – Suprir a deficiência de profissionais habilitados na área de Técnico em Informática na cidade e na região.
VIII – Dotar o técnico de conhecimentos instrumentais que lhe permitam migrar futuramente para outras ferramentas que venham a substituir as atuais.
IX – Preparar o egresso para a utilização de diferentes ferramentas na Internet, possibilitando o desenvolvimento de ferramentas estáticas e dinâmicas para a WEB e a elaboração de projetos e de sistemas voltados ao comércio eletrônico, alavancando o conhecimento necessário dos protocolos e das ferramentas disponíveis no mundo da Internet, bem como o foco nas constantes inovações tecnológicas.

Perfil Profissional de Conclusão
As competências profissionais gerais do Curso Técnico em Informática são:
I – Identificar o funcionamento e o relacionamento entre os componentes de computadores e de seus periféricos.
II – Instalar e configurar computadores, isolados ou em redes, periféricos e softwares.
III – Identificar origens e falhas no funcionamento de computadores, de periféricos e de softwares, avaliando seus efeitos.
IV – Analisar e operar os serviços e as funções de sistemas operacionais.
V – Selecionar programas de aplicação a partir da avaliação das necessidades do usuário.
VI – Desenvolver algoritmos, por meio de divisão molecular e de refinamentos sucessivos.
VII – Selecionar e utilizar estruturas de dados na resolução de problemas computacionais.
VIII – Aplicar linguagens e ambientes de programação no desenvolvimento de software.
IX – Identificar arquiteturas de redes.
X – Reconhecer meios físicos, dispositivos e padrões de comunicação, reconhecendo as implicações de sua aplicação no ambiente de rede.
XI – Compreender os serviços de administração de sistemas operacionais de rede.
XII – Identificar a arquitetura de redes e de tipos, de serviços e de funções de servidores.
XIII – Organizar a coleta e a documentação de informações sobre o desenvolvimento de projetos.
XIV – Avaliar e especificar necessidades de treinamento e de suporte técnico aos usuários.
XV – Executar ações de treinamento de suporte técnico.

Ao concluir o Curso Técnico em Informática o aluno terá construído um Perfil Profissional que abrange as seguintes habilidades:
I – Traduzir, interpretar e conhecer os principais termos técnicos da língua inglesa utilizados na área da informática.
II – Identificar o funcionamento e o relacionamento entre componentes de computadores e de seus periféricos.
III – Operar o computador e entender o funcionamento da arquitetura básica dos computadores.
IV – Aplicar os princípios básicos dos Sistemas Operacionais, bem como trabalhar os diferentes sistemas operacionais e aplicativos em ambientes híbridos.
V – Conhecer e manipular aplicativos, como planilhas eletrônicas e editores de textos, para a solução de problemas.
VI – Detectar os principais tipos de redes em funcionamento, suas topologias, protocolos e meios físicos de transmissão;
VII – Desenvolver projetos e montagem de redes locais;
VIII – Reconhecer os principais problemas de segurança em uma rede e sugerir medidas preventivas.
IX – Compreender os elementos relacionados com o desenvolvimento da pesquisa científica e a metodologia, para a produção e para a publicação do relatório científico.
X – Produzir e interpretar dados estatísticos e matemáticos, bem como desenvolver a capacidade de raciocínio, compreensão, questionamento e interpretação, a partir de levantamentos e/ou execução de tarefas pertinentes à área profissional.
XI – Desenvolver no aluno a lógica de programação, fazendo com que ele consiga desenvolver algoritmos para os mais variados problemas.
XII – Utilizar técnicas de programação que visam a capacitar o aluno a utilizar as ferramentas disponíveis no mercado, para o desenvolvimento de sistemas de uso geral e específico, bem como utilizar Ambientes de Programação Visual, para o desenvolvimento de sistemas comerciais.
XIII – Entender o funcionamento de um banco de dados, construir modelos de dados, interpretando e analisando o resultado da modelagem destes, construir SGBD voltados a empresas de pequeno e de médio porte, com exploração dos principais recursos/ferramentas existentes para este fim.
XIV – Montar e configurar computadores de uso pessoal.
XV – Utilizar ferramentas de modelagem para o desenvolvimento de análise e de projeto de sistemas, bem como a documentação do mesmo.
XVI – Usar, de forma otimizada, as ferramentas disponíveis para o desenvolvimento de aplicativos para WEB.
XVII – Verificar aspectos fundamentais da Contabilidade, envolvendo: patrimônio (bens, direitos, obrigações, patrimônio líquido), relacionando com sistemas informatizados.
XVIII – Liderar e coordenar equipes de trabalho na execução das atividades.
XIX – Promover clima de trabalho adequado às relações interpessoais, aplicando métodos e técnicas de gestão administrativa e de pessoas.

O Curso Técnico em Informática compreende uma estrutura curricular organizada em módulos, planejada de forma sequencial. O Curso possui uma organização curricular própria, mantendo articulação entre um módulo e outro, com flexibilidade, interdisciplinaridade e contextualização. Estes mesmos princípios norteiam as atividades dentro dos módulos, estando os professores e alunos sempre interagindo com o objetivo de alcançar competências comuns do módulo, essencial para que ao final do curso tenha-se um profissional qualificado dentro das competências estabelecidas. O curso acontecerá com vagas disponíveis para 40 alunos e a matrícula deverá ser realizada no início de cada módulo.

Conheça a grade curricular e o plano de curso aqui.

Coordenador: Régis Rafael Braun
Email: tito@fema.com.br

Professores:
Denis Faoro
Ivo Ilario Zwick
Régis Rafael Braun
Rodrigo Schieck
Valdecir Brisch
Wilson Nei Gonçalves