TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

Com o crescente aumento do uso da tecnologia da informação por empresas, as mesmas acabam buscando ferramentas novas e úteis. Cada tipo de negócio, atualmente, necessita de fontes de informações específicas, e todas elas necessitam de dados confiáveis e robustos, para poder realizar um bom gerenciamento.

Grande parte das organizações contam com pelo menos um computador e algum sistema de controle digital, pois os papéis já não são adequados ao volume de informações que precisam ser armazenadas.

Os sistemas de informação foram criados para gerenciar o conteúdo necessário para as empresas e atender ao que era requisitado no dia-a-dia. Com o passar do tempo, aperfeiçoou-se os sistemas, conforme as necessidades de cada empresa. Ao falarmos de sistemas de informação nas empresas, podemos citar três níveis diferentes: os sistemas de processamento de transações (SPT), os sistemas de informações gerenciais (SIG) e os sistemas de apoio a decisão (SAD). Cada sistema é diferenciado por nível funcional na empresa e no gerenciamento do sistema.

O SPT é o sistema onde são introduzidos os dados no dia a dia, obtendo assim registro das operações para a geração da informação. Já no segundo nível, os SIG servem para ajudar a empresa a alcançar suas metas, fornecendo a seus gerentes detalhes sobre as operações regulares da organização, de forma que possam controlar, organizar e planejar com mais efetividade e com maior eficiência. Logo, a partir da geração das informações dos dados introduzidas no SPT, o gerente da área pode analisar o conteúdo e verificar o andamento da empresa com dados precisos e reais e, assim, poder buscar as melhores decisões a serem tomadas. O terceiro nível dos sistemas, os SAD, tratam de assuntos específicos, estatísticas, projeções e comparações de dados referentes ao desempenho da empresa, estabelecendo parâmetros para novas ações dentro do negócio da organização.

As empresas utilizam sistemas de informação para lidar com problemas organizacionais internos e para assegurar sua sobrevivência em um ambiente externo em mudança contínua.

 

Profa. Denise Felber Chaves

Professora dos Cursos de Administração, Ciências Contábeis e Gestão da Tecnologia da Informação – FEMA